Centro de Estudos Mário Cláudio

Available actions

Reader available actions

 

Centro de Estudos Mário Cláudio

Description details

Record not reviewed.

Description level

Fonds   Fonds

Reference code

PT/MPCR/CEMCLD

Title type

Atribuído

Date range

1957  to  2013 

Dimension and support

536 u.i.; papel

Holding entity

Município de Paredes de Coura

Producer

Centro de Estudos Mário Cláudio

Biography or history

Mário Cláudio (pseudónimo de Rui Manuel Pinto Barbot Costa) nasceu no Porto, em 6 de Novembro de 1941. Nesta cidade efetuou estudos secundários. Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, veio a diplomar-se mais tarde com o Curso de Bibliotecário-Arquivista, da Faculdade de Letras da mesma Universidade. Como bolseiro do Instituto Nacional de Investigação Científica, frequentou a Universidade de Londres (University College), onde se pós-graduou como Master of Arts in Library and Information Studies. É professor do ensino superior. Foi condecorado com a Ordem de Santiago de Espada e recebeu a Medalha de Honra da Cidade. Recebeu a comenda de Chevalier des Arts et des Lettres, atribuída pelo Ministério da Cultura de França (2006).

Obras mais importantes

Ficção:

Um Verão Assim, 1974, 1982, 1988.

As Máscaras de Sábado, 1976, 1982.

Damascena, 1983.

Improviso Para Duas Estrelas de Papel, 1983.

Das Torres ao Mar, 1983.

A Quinta das Virtudes, 1990, 1991, 1992.

Amadeo (Trilogia da Mão), 1984, 1993.

Olga e Cláudio, 1984.

Guilhermina (Trilogia da Mão), 1986, 1993.

Duas Histórias do Porto, 1986.

A Fuga Para o Egipto, 1987.

Rosa (Trilogia da Mão), 1988, 1993.

Tocata para Dois Clarins, 1992.

Itinerários (antologia de contos), 1993.

As Batalhas do Caia, 1995.

O Pórtico da Glória, 1997.

O Último Faroleiro de Muckle Flugga, 1998.

Peregrinação de Barnabé das Índias, 1998.

Ursamaior, 2000.

O Anel de Basalto e Outras Narrativas, 2002.

Oríon, 2003.

Gémeos, 2004.

Camilo Broca, 2006.

Boa noite, senhor Soares, 2008.

Tiago Veiga, uma biografia, 2011.

Retrato de Rapaz, 2014.

O Fotógrafo e a Rapariga, 2015.

Astronomia, 2015.

Poesia:

Ciclo de Cypris, 1969.

Sete Solstícios, 1972.

A Voz e as Vozes, 1977.

Estâncias, 1980.

Terra Sigillata, 1982.

Dois Equinócios, 1996.

Os Sonetos Italianos de Tiago Veiga, 2005.

Crónica:

O Outro Génesis, 1988.

Uma Coroa de Navios, 1992.

A Cidade no Bolso, 2000.

O Eixo da Bússola, 2007.

Teatro:

Noites de Anto (1996). Encenado por Filipe la Feria, na Casa da Comédia.

A Ilha do Oriente (1996). Encenado por Filipe La Feria para o Festival ACARTE.

Henriqueta Emília da Conceição (1997). Encenado por Celso Cleto para o Teatro Experimental do Porto.

O Estranho Caso do Trapezista Azul (1998). Encenado por Júlio Cardoso para a inauguração do Teatro do Campo Alegre.

Medeia (2008). Encenado por Carlos Avilez para o Teatro Experimental de Cascais.

Edições especiais:

Meu Porto (2001)

Fotobiografia de António Nobre (2001)

Triunfo do Amor Português (2004)

Ensaio:

Para o Estudo do Analfabetismo e da Relutância à Leitura em Portugal (como Rui Barbot Costa), 1979.

António Nobre: Correspondência com Cândida Ramos, 1982.

António Nobre. “Alicerces” seguido de “Livro de Apontamentos”, 1983.

Quarto de Noite, 1987.

Emerenciano ou o Teor das Actas, 1989.

Camilo Castelo Branco, Retrato a Sépia (2006).

Júlio Pomar, Um Álbum de Bichos (2007).

Viagem:

Italy: 41 Impressions (de colaboração com Michael Gordon Lloyd), Turnbridge Wells, Badger Editions, 1979

Tradução:

Dezasseis Poemas de Odysseus Elytis, Porto, O Oiro do Dia, 1980

William Beckford: Vathek, Porto, Edições Afrontamento, 1982

Nikos Gatsos: Amorgos - A Uma Estrela Verde, Porto, O Oiro do Dia, 1982

História do Califa Vathek, Porto, Edições Afrontamento, 1982

Virginia Wool: Rumo ao Farol, Porto, Edições Afrontamento, 1985

Recebeu os seguintes Prémios:

Grande Prémio de Romance e Novela, da Associação Portuguesa de Escritores, pelo romance Amadeo.

Prémio Antena 1, da Radiodifusão Portuguesa, pelo romance Guilhermina.

Prémio Lopes de Oliveira, pelo romance Tocata para Dois Clarins.

Prémio PEN-Clube Português (2 vezes).

Prémio Eça de Queirós, pelo romance O Pórtico da Glória.

Grande Prémio de Crónica, da Associação Portuguesa de Escritores, pela antologia A Cidade no Bolso.

Prémio Seiva Trupe.

Prémio Pessoa pelo conjunto da sua obra, 2004.

Prémio Clube Literário do Porto / Alberto Pimentel

Prémio The Best of Porto, 2006.

Prémio PEN Clube Português, pelo romance Camilo Broca.

Prémio Vergílio Ferreira.

Prémio Fernando Namora.

Grande Prémio de Romance e Novela, da APE, pelo romance Retrato de Rapaz, 2015.

Prémio D. Diniz 2017, da Fundação Casa de Mateus, pelo romance Astronomia.

Mário Cláudio é autor de inúmeros artigos publicados na imprensa nacional e estrangeira, e tem proferido palestras e conferências sobre temas literários ou conotados com a literatura. As suas obras estão traduzidas em inglês, castelhano, francês, italiano, alemão, húngaro, checo e croata.

Custodial history

O autor Mário Cláudio celebrou com a Câmara Municipal de Paredes de Coura um Protocolo de cedência, a título de depósito, do seu arquivo documental, relativo à sua carreira de escritor, em junho de 2009.

Scope and content

O Arquivo do escritor Mário Cláudio é de relevante interesse público. De entre a vasta produção literária, assomam os manuscritos e demais documentos que contribuem para o processo criativo. Ressalta ainda a correspondência trocada com destacadas figuras do meio artístico, social e editorial, bem como as coleções de recortes de imprensa. No seu conjunto, este acervo está intimamente ligado à história literária portuguesa.

Arrangement

Organizado por séries e dentro destas cronologicamente.

Access restrictions

Acessível, salvo as exceções previstas na legislação aplicável ao património arquivístico.

Conditions governing use

A reprodução está sujeita a restrições que se prendem com o tipo de documento, o seu estado de conservação e o fim a que se destina. Reprodução sujeita à tabela emolumentar em vigor.

Language of the material

Português, Italiano, Francês, Inglês, Checo e Espanhol.

Physical characteristics and technical requirements

Em termos gerais, o estado de conservação é bom.

Publication notes

LUÍS, Carla Sofia Gomes Xavier - "Língua e estilo: um estudo da obra narrativa de Mário Cláudio". In Coleção Linguística 7, do Centro de Estudos e Letras da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 2011 BRUM, Maria Ângela Azevedo Furtado. A "Trilogia da Mão" ou a biografia impura. Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 1997. CANDEIAS, Maria de Fátima Ferreira Rolão. Um olhar de Soslaio sobre "Trilogia da Mão" e "Tocata para Dois Clarins" de Mário Cláudio. Porto: U. Porto editorial, 1995 MATOS, Joaquim. Mário Cláudio: ficção e ideário, 1ª ed. Porto: Caixotim, 2004 RIBEIRO, Fernando José Ferreira - "Trilogia da Mão", de Mário Cláudio. A Paisagem de uma escrita. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa, 1995 CASTRO, Laura. Mário Cláudio: 30 anos de trabalho literário (1969-1999). Porto: Cooperativa Árvore, 1999 SARAIVA, Arnaldo - Um Texto Assim: estudo sobre a narrativa "Um Verão Assim", de Mário Cláudio. Porto: Livraria Paisagem Editora, 1974